.A visitar

.Arquivos

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.Novembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.mais sobre mim

Segunda-feira, 24 de Outubro de 2005

Toda a verdade sobre

os gases.

É verdade que todos os seres humanos têm certas necessidades corporais que não são vistas com bons olhos, lembro-me de dois, os "gases" tanto os inferiores como superiores.

Falando bem e depressa, tanto os peidos como os arrotos são muitas vezes encarados na nossa cultura como mostras de má-educação.

É normal dá-los quando estamos sozinhas em casa. Falando dos peido, há quem dê na cama, na casa-de-banho, no sofá, no autocarro, no supermercado, na rua, etc.

Quando se começa a namorar, e se começa a dormir na casa da namorada e vice-versa, o peido matinal é completamente posto de parte, afinal nunca sabemos como é que a nossa cara metade vai reagir, por isso nos primeiros tempos vá de andar com calma, ter muito cuidado, apertar a barriga e aproveitar quando a namorada vai despejar o lixo.

Depois, um belo dia o primeiro peido surge, há gargalhadas ou lágrimas mas o que conta é que a partir dai tudo está perdido e os peidos e bufas surgem naturalmente e sem qualquer tipo de pudor, incluindo no carro.

Agora digam-me lá, quantos dias/meses/anos passavam quando deram o primeiro peido/bufa à frente da vossa cara metade?

rsrsrsr...
publicado por alguém às 15:34
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Sexta-feira, 21 de Outubro de 2005

Eu trabalho

num local público. Ou seja, qualquer pessoa pode entrar aqui e dar de caras comigo.

É engraçado pensar que algumas destas pessoas com quem falo e a quem tento responder da melhor maneira que sei e posso, possam ser vocês.

Temos de combinar um sinal qualquer, para eu vos reconhecer.

Sei lá, pintem uma pinta amarela na testa. Pode?
publicado por alguém às 14:24
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito
Quinta-feira, 20 de Outubro de 2005

Desafio aceite

arvore.jpg

por mim porque afinal de contas também fiquei curiosa, e quis saber que árvore sou eu, o desafio foi lançado no Assumidamente. e também M&M.

E o meu arbusto é:

Sauce Chorão - A Melancolia.

Charmoso, mas cheio de melancolia. Atrativo, empático, ama tudo o que é belo, gosta de viajar. Sonhador, caprichoso, inquieto, honesto, pode ser facilmente influenciável, mas é difícil de se conviver. Exigente, bom instinto, sofre se apaixonando, mas algumas vezes encontra alguém que preenche o perfil que procura. .

Agora a explicação:

Charmosa. Esta nunca me tinham dito nem eu suspeitava, mas agrada-me.

Melancolica. Mas só q.b.

Atractiva. É para isso que ando no ginásio

Ama tudo o que é Belo. Começando pela namorada, passando pelos pássaros, pelos cães e pela Vida, acabando na família :D

Sonhadora. Até quando estou acordada.

Caprichosa. Principalmente a por a mesa para os convidados.

Inquieta. Muito.

Honesta. Sempre. Afinal, fui escoteira.

pode ser facilmente influenciável. Nada de usarem isto contra mim.

Difícil de se conviver. Agora é que a minha miúda não me larga, afinal não é só ela a dizer :(

Exigente. Tem dias!

Bom instinto. Aprendi com a cadela mais linda e fofa e porca e gostosa do mundo, a minha.

Sofre se apaixonando. Estão a ver, vivo em constante sofrimento.

mas algumas vezes encontra alguém que preenche o perfil que procura. Já Tá :D
publicado por alguém às 11:57
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Quarta-feira, 19 de Outubro de 2005

Estou muito

triste.

Já telefonei pelo menos três vezes hoje para o Porto e de nenhuma das vezes apanhei uma pessoa com sotque.

Carago...
publicado por alguém às 16:00
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito

Há dias assim,

em que não temos nada de novo para dizer, em que só nos apetece ficar enroladas na cama a ouvir uma música de fundo, com os cães deitados aos pés da cama, com as janelas fechadas, com o vento a bater nas portadas da janela.

Mas, vim trabalhar que também é muito bom.
publicado por alguém às 12:48
link do post | comentar | favorito