.Música

.A visitar

.Arquivos

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

.Novembro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.mais sobre mim

Terça-feira, 25 de Setembro de 2007

Os doces

  Quem me conhece sabe que para além de rir até que me doa a barriga também adoro cozinhar e fazer experiências culinárias (uma vez fiz uma tarte de queijo fresco com vinho que vai ficar na lembradura de toda a gente para o resto da vida rsrsr)

  Nesta altura do ano em que se colhe a fruta e se prepara os campos para uma nova temporada gosto de fazer doces e por isso, deitei mão ao trabalho.

Comecei por fazer doce de tomate mas antes de tudo desloquei-me ao depósito da Marinha Grande aqui em Lisboa para comprar frascos, que eu não gosto de fazer doces nos frascos que vão aparecendo, gosto dos frasquinhos todos iguais, mariquices...

 Depois foi arranjar os tomates para o doce, há quem tire as grainhas mas eu gosto de as sentir estalar na boca quando como uma fatia de pão ainda quente, hum..... Os tomates ficaram uma noite a macerar numa taça de vidro grande juntamente com o açúcar e no outro dia foi só colocá-los ao lume juntamente com dois paus de canela e esperar, esperar, esperar.

Seguidamente escaldámos os frascos para matar todos os germes. Enchemos com o doce e esperamos que arrefece-se. Agora é só fechá-los (neste caso são rolhas de cortiça e por isso o processo é diferente mas se fossem rolhas de rosca tinhamos de encher os frascos, tapá-los e virá-los ao contrário, na foto há dois que estão de rabo para o ar por esse motivo. É que assim o doce dura muito mais tempo...

As fotos:

 

 

         

 

No fim de tudo coloca-se uma rafia natural e uma etiqueta (ainda não tenho fotos disso mas coloco ao fim da tarde, tenho o rolo a revelar...)

Seguidamente vou fazer de:

publicado por alguém às 09:35
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De neva a 25 de Setembro de 2007 às 10:02
estou tão contente de saber que vamos casar mana. eu gosto muito do de abobora hehe :)
De despertando a 25 de Setembro de 2007 às 10:25
És muito prendada, olha lá, não aceitas encomendas?
Parabéns, estão com uma apresentação fantástica
Bjs
De alguém a 27 de Setembro de 2007 às 11:14
neva, eu também estou contente por irmos casar. É que eu queria muito uns saquinhos de pano para colocar os frascos de doce lol

despertando, sim aceito encomendas. Podes enviar um mail para supernasha@sapo.pt
De Buulacha a 2 de Dezembro de 2007 às 02:36
ena pah ha anos q nao como doce de tomate pq a minha avó ja nao faz e os q se vendem no super mercado nunca sao a mesma coisa...qualquer dia faço umas encomendas =P

Comentar post